segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Entregar-se(Sobre sentir)


GéssicaMelo
Eu sempre fui assim,nunca consegui expressar de forma clara meus sentimentos,pois pra mim era necessário entendê-los,ter certeza pra depois falar.Acontece que eu nunca conseguia entender o que sentia,e vivia guardando essa mistura de emoções e sensações,por medo e insegurança.Agora eu acredito em destino,em amor a primeira vista,em felizes para sempre.E quer saber? Pode ser que depois eu me decepcione,ou me arrependa por ter me entregado demais,mas pelo menos vou ter aprendido algo sem ser só na teoria.Esse é o prazer de viver.

2 comentários:

O Sussurrar do Corpo disse...

Um sussurro...

Javier Guitar disse...

Eu tamén entregome demáis,pero eso es bueno,eres tú .Pode ser amor incondicional ó condicional,pero é amor,e vivir plenamente a tua vida.

Amar a unha persona,amar a la naturaleza,a unha flor,a un amigo,todo eso es sentirse vivo.

A mi también me pasaba los mismo que comentas,pero clave es dejarse llevar,a pesar de las decepciones,y seguir,y dejar a un lado las inseguridades.Simplemente es amar,dar.

un beijo, un bico