segunda-feira, 25 de julho de 2011

Trechos

"Não morro de amores por pessoas sem mistério. Quando se é muito transparente, muito risonho e educado é raro ser levado a sério. Prefiro os mais silenciosos, os que abrem a boca de menos, os mais serenos e mais perigosos, aqueles que ninguém define e que sempre analisam os fatos por um novo enfoque; prefiro os que têm estoque aos que deixam tudo à mostra na vitrine"

Martha Medeiros

2 comentários:

ARAS disse...

Olá, Pétala:
uma VERDADE da Martha!
Concordo em absoluto.
Boa Semana.
Beijo do
RUI

Milla de Morpheus disse...

Oi Pétala...
Prefiro tambem, por quegosto do gosto do perigo que me ronda...
Mas ao mesmo tempo, adoro saber onde piso.

Não tenho preconceitos ou falso moralismos, então adoro a verdade. nesse aspecto sou transparente... muito...
Mas acho que o mistério, não rima com mentira. Pode-se ter um sem necessariamente ter o outro.Então nesse sentido gosto de mistérios, por que na verdade, quem traz isso em si, se deixa conhecer aos poucos.