quarta-feira, 9 de março de 2011

Boa noite sempre fui facinada por borboletas símbolo da liberdade.E sua mensagem é muito significativa e inspiradora, mas a minha opinião: é simbolo de metamofose mudança no nosso interior. Compartilho com vocês:


"Rudolf Steiner, pai da Antroposofia, disse que: as borboletas são flores que se desprenderam da terra... E que as flores são borboletas que a terra apreendeu... Seja como for, se as flores marcam a primavera, as borboletas são seu símbolo maior.

São quatro fases da mesma vida: ovo, lagarta, crisálida e borboleta. Enquanto ovo, é princípio vivo, puro. Representa a potencialidade do ser, guardada dentro de um invólucro de heranças parentais. É fundamental para desenvolver a solidez das bases estruturais do indivíduo. Mas num determinado momento, torna-se necessário romper com essa capa de proteção, para caminhar sobre as próprias pernas.

A lagarta tem o aprendizado da terra, do rastejar, das coisas que se processam lentamente. Simboliza os cuidados com o mundo físico, com os aspectos materiais que compõem a existência cotidiana. Pode ser o lado pesado da vida.

A crisálida é o encapsular para gestar. É como se retornasse ao estágio do ovo, mas só que por escolha pessoal. É criar um casulo para si mesmo, como forma de conectar-se com seus sentimentos, sua interioridade e seus próprios desejos.

E, finalmente, as asas libertam a borboleta! Mas, para se chegar à borboleta, é preciso superar o conforto e a comodidade do “já conhecido”... É preciso deixar morrer o velho e partir ao encontro das possibilidades em aberto, sem certezas, sem garantias.

A borboleta é a lição viva de que tudo é passageiro.

Assim também somos nós. Uns vivem para sempre no ovo, outros jamais passam de lagarta. E tem gente que vive gestando um sonho, um ideal, mas sem nada realizar... Ainda existem aqueles que, com esforço, se libertam, ganham asas e voam leves! Pousam aqui e ali, no colorido das flores, e só de existir fazem a vida mais bela!

Identifique em que fase você está e observe como fazer para processar a sua metamorfose. Viver é cumprir fase por fase. Desapegar-se do antigo e entregar-se ao novo até ser capaz de voar. Desperte e tente uma nova forma! Deixe acontecer em você esse misterioso processo de se abrir para florescer. Deixe aparecer suas asas, suas melhores cores, seu vôo!"

Ana Ester Nogueira

4 comentários:

Amor...SEdução...Prazer disse...

Boa noite Pétala, também sou encantada, apaixonada por borboletas, tanto que tatuei em minhas costas 05 belas borboletinhas azuis e pretendo logo, logo tatuar mais duas no pé direito
um bju e um xêro
Anne

dog pet_JS disse...

as borboletas parece q dão uma sensação boa mesmo.

petbeijos...

fatti___ disse...

petala!!!

brigada meu anjo feliz por te ver aqui viu,vc nao sabe ,mas fiquei muito triste por ter que fechar por uns tempinhos os meus blogs ,mas infelizmente nao da pra eu estar direto agora neles , acho que fiz certo porque sem tempo é melhor sir um pouco.

Obrigada minha linda por vir pra cá,assim mato a saudades de ver vcs por aqui tb.

bju meu em ti!

A.S. disse...

Porque me parece oportuno e adequado, deixo-te um poema do meu livro " Gotas de Luz"...


Metamorfose


És um ser alado
Que a nada se prende
Em tudo se move

Na brisa suave
Tu és bailarina
Vacilante e frágil

Nas asas do vento
Tornas-te felina
Imprevista e ágil

No azul do céu
Viras fantasia
Derramas ternura

Nas asas do sonho
Tu és poesia
Tu és aventura

Mas tudo se prende
E nada se move
Num tempo sem fim

No preciso instante
Em que vens serena
Bela e fulgurante
E poisas em mim…


Beijos meus,
AL